Barreira de Composto de Geossintético-Concreto para Minas brasileiras

Barreira de Composto de Geossintético-Concreto para Minas brasileiras

O sistema de barreira compost por geossintéticos e concreto ajudou a instalação a atingir seus objetivos de impermeabilização meses antes do cronograma estimado para a projeção.

Barreira de Composto de Geossintético-Concreto para Minas brasileiras

As condições do local eram desafiadoras. Era a época das chuvas, mas quando o sol estava à pino as temperaturas atingiram 42°C.

Em outubro de 2015, uma manta composta de cimento e geossintético (GCCM) da Concrete Canvas® GCCM (Geosynthetic cimento Composite Mat) foi usado para forrar uma lagoa de drenagem recém-construída na mina da Votorantim Metais Zinco em Vazante, Minas Gerais. O local precisava transportar água de mina alcalina através de uma série de valas – também a ser forrado – para a lagoa onde a água seria tratada.

Em lugares como este já foram usadas soluções baseadas em concreto no passado; mas, com a estação chuvosa já iniciada, uma solução como a projeção não foi possível. A especificação de um sistema de barreira composta por geossintético-concreto deu aos operadores da obra um sistema de revestimento forte que pode ser instalado de forma eficiente mesmo em condições adversas.

O Concrete Canvas® (CC) é um tecido geossintético flexível, impregnado de concreto que endurece na hidratação para formar uma camada fina, durável, impermeável e resistente ao fogo de concreto. Trata-se, essencialmente, de concreto em um rolo. A barreira GCCM pode ser instalada a uma taxa de 200 m² por hora e é disponível em rolos portáteis para aplicações onde o acesso local é limitado. O concreto é pré-misturado, por isso não há necessidade de mistura, medição ou compactação: basta adicionar água.

Em Minas Gerais, a solução CC não só tornou possível a instalação em condições de chuva mas também reduziu os riscos de saúde e segurança associados com a aplicação de concreto projetado (por exemplo, rebote). O produto embalado também foi muito mais fácil de transportar ao local de mineração remoto.

A SPI Engenharia e Representações forneceu à CC o projeto.

COMO É FEITA A INSTALAÇÃO

Na mina, a vegetação foi removida e as encostas da lagoa foram classificadas e compactadas. Os rolos de 13 milímetros de espessura de Concrete Canvas® (CC13TM) foram montados em uma viga de difusão  e desenrolou-se sobre a encosta da lagoa, antes de ser cortado na largura do comprimento específico.

As camadas subsequentes se sobrepõem a anterior em 100 milímetros e pinos são inseridos através das sobreposições na crista. O Everbuild Clear Fix, um adesivo polimérico híbrido com garra foi usado para juntar o material. As juntas foram comprimidas para assegurar a melhor conexão. A hidratação foi conseguida usando um caminhão de água e uma mangueira com bico de pulverização em anexo.

De significativa importância, a abordagem do CC acomodou saliências de tubos, proporcionando segurança, selos eficientes ao seu redor. A barreira composta por geossintético-concreto também foi capaz de ser instalado durante a chuva e em alta temperatura, atingindo até 42°C.

No total, 7 mil m² de CC13TM foram instaladas em apenas 2 meses. Estimativas do projeto, com base na experiência e características do local, sugeriu que shotcrete teria exigido mais de 4 meses de trabalho para cobrir a vala de drenagem e o sistema de lagoa.

A Votorantim Metais ficou muito satisfeita com o local, incluindo os 63 dias de obras de instalação do forro sem acidentes. A empresa planeja adotar esta solução de sistema de barreira em projeto de referência dentro de sua corporação.

  • Barreira de Composto de Geossintético-Concreto para Minas brasileiras
    As condições do local eram desafiadoras. Era a época das chuvas, mas quando o sol estava à pino as temperaturas atingiram 42°C.

Aprenda mais em www.concretecanvas.com.

One thought on “Barreira de Composto de Geossintético-Concreto para Minas brasileiras

Comments are closed.